Fechamento anual 2019 e inicio dos fechamentos mensais

Fala Pessoa!

Os fechamentos mensais são famosos na maioria dos blogs de finanças, também irei fazer o meu por aqui, mas de forma mais discreta, vou fazer como já vi em alguns, em bases percentuais.
Como antes não tinha esse costume de controle mensal do patrimônio eu tinha feito até então de forma anual, e focava apenas em quanto estava aportando todos os meses, ainda tenho esse controle mas vou iniciar o controle dos fechamentos mensais.

Para quem já leu este artigo onde falo mais do meu inicio, e aqui vai minha evolução anual desde que comecei a investir:

Como inciei no final de 2015 eu coloquei a evolução apenas em 2016 e no início eu foquei apenas em Renda Fixa que foi onde meus estudos concentraram e as corretoras nessa época cobravam taxa de custódia nas ações.
Em 2017 as corretoras zeraram as taxa de custódia e a partir daí comecei a investir em ações aí passei a querer uma proporção 50/50 em RF e ações. Minha evolução patrimonial 2016/2017 foi de 139%
2018 foi o ano do meu estágio então trabalhei bem dizer de graça kk então os aportes foram bem mais modestos que os anos anteriores mas busquei aportar todos os meses, mesmo que o mínimo possível mas mantive o foco. A evolução patrimonial de 2017/2018 foi de 12%. As ações tiveram uma evolução de 33%, na RF eu vendi um pouco para colocar em ações e nesse ano eu também tive um  prejuízo em MPLU3 que foi de grande aprendizado. Tinha uma carteira mais enxuta com 6/7 ativos e foi o ano que a Clear zerou a corretagem nas operações daí em diante eu decidi ter uma carteira mais diversificada, com mais ativos e mudei a alocação para 70% ações e 30% Renda Fixa eu considerei minha idade e meu apetite pra risco para chegar nessa proporção.
Ah 2019 que alegria kkk vou parafrasear o srif365.com "Nunca na história deste país ganhei tanto dinheiro" kkk Não foi por causa que sou um gênio nos investimentos mas sim porque segurei varias compras que tinha comprado lá em 2017 que foram evoluir só no ano passado como SAPR4 - TAEE11 - TIET3 - WIZS3 entre outras que eu comprei a muito tempo e fui segurando.
A jogada que falei no artigo preço importa me rendeu um ganho até então de 3% da carteira total. Como tinha já dito não vai mudar muita coisa mas já uma rentabilidade melhor do que se tivesse ficado apenas com as SAPR4.
O Bull Market ajudou e muito e eu tenho plena convicção disso. A evolução patrimonial de 2018/2019 foi de 118% em ações especificamente foi 204% e aportei basicamente em ações durante o ano. Outra coisa foi que tive uma retirada em RF de aproximadamente 15% afinal imprevistos acontecem, mas com os juros a parte de renda fixa manteve estabilizada.

Para 2020 minha alocação ideal está fora e vou precisar ir aportando majoritariamente em RF onde invisto apenas em Tesouro Direto e recentemente entrei em fundo de renda fixa com liquidez diária para uma eventual oportunidade.
Segue a alocação:


Então hoje preciso aumentar 5% na renda fixa, mas irei fazer vendas pontuais de ações para reequilibrar o Portfólio. Eu li no livro O Tripé da Independência Financeira sobre fator de rebalanceamento da carteira, onde você vende uma parte para colocar onde está desequilibrado e pretendo vender de fato quando a proporção chegar em 80% ações e 20% RF.

Vamos mostrar agora como está distribuída minha carteira até aqui:



FII eu tenho apenas algumas cotas de MXRF11 que estou só para testar mesmo o funcionamento, eu gosto bastante de ações mas estou pensando em entrar em FII e ter uma porcentagem maior. No mais acredito que é uma carteira com diversificação OK que não me gera muitos sustos e me faz dormir bem.
Em Janeiro Realizei as seguintes operações:
Aporte em Renda Fixa para reforçar a porcentagem;
Compras ITSA4 - BBSE3 (Comprei o proporcional da diminuição de capital) - MYPK3 (pensa num market timing ruim kk) - TCSA3 ;
Vendas SUZB3 - WIZS3;

Lembrando que isso não representa recomendação de compra ou venda dos ativos citados, apenas compartilho quais compras fiz no mês.

Para quem quer ver melhor meu desempenho das ações até aqui:


Foi subindo de escadinha o salto mesmo foi em Dezembro que deixou mal acostumado com a rentabilidade. Em Janeiro chegou estar com 6% de ganho mas por causa da China recuou tudo e agora está com essa leve queda comparada com o mês anterior, mas Foco no Longo Prazo.

Não gosto de comprar com o Ibovespa mas pra quem gosta segue:


Fiquei o final de 2017 e todo 2018 abaixo do IBOV por causa de MPLU3 e também que minha carteira não é tão correlacionada com o índice, mas fui recompensado pela paciência mas nesse 2020 penso em ter uma pequena parte da carteira com uma gestão mais ativa, se der certo a gente continua se não der certo voltamos focado 100% no Buy and Hold!!

Dividendos: Minha carteira está com uma média de dividendos bem próxima dos fundos Imobiliários e vamos ver como será ao londo desde ano. Os dividendos deste mês foram de ITSA4 - ODPV3 - FLRY3 e o pouco das cotas de MRXF11.
Segue o histórico de Dividendos:



O que acharam da minha caminhada até aqui? Se gostaram comentem aqui embaixo e vamos agragar conhecimento!

Até a próxima.

Att. Engenharia dos Investimentos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 Passos para Alcançar a Independência Financeira Mesmo Sendo Funcionário

Carteira Ideal e sua Alocação de Ativos

Fechamento Março/2020 - Patrimônio ( -12,57 % )